Autoria: Anik Setti

Descrição da obra: o isolamento social tem nos desafiado a nos (re)encontrar conosco e com o outro. Essa sensação de desencaixe e estranhamento nunca foi tão forte. Assim, gostaria que este poema fosse um convite para refletir sobre os nossos processos de resiliência e resistência pessoais, que têm se tornado mais visíveis, intensos e essenciais neste momento de desafios.

Expressão: audiovisual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *