A Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast), criada em 2002, é a principal estratégia para implementação das ações de Saúde do Trabalhador em todos os níveis do Sistema Único de Saúde (SUS), de forma articulada e integrada, tendo os Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) como suportes técnicos e pedagógicos especializados da Rede SUS.

 

Design por Ana Paula de Lima

 

De acordo com a Portaria nº 2.728/GM de 11 de novembro de 2009 e a Resolução nº 603, de 8 de novembro 2018, cabe aos Cerest promover a integração da rede de serviços de saúde do SUS, assim como suas vigilâncias e gestão, na incorporação da Saúde do Trabalhador em sua atuação. As atribuições dos Centros incluem: apoiar investigações de maior complexidade; assessorar a realização de convênios de cooperação técnica; subsidiar a formulação de políticas públicas; fortalecer a articulação entre a atenção básica, de média e alta complexidade para identificar e atender acidentes e agravos relacionados ao trabalho, em especial, mas não exclusivamente, aqueles contidos na Lista de Doenças Relacionadas ao Trabalho ou de notificação compulsória.

Assim, o InformaSUS realizou uma entrevista com o Cerest Araraquara para compreender as ações que têm sido desenvolvidas pelo Centro no contexto da pandemia de COVID-19. Venha conferir!

 

 

Crédito da imagem: Cerest Araraquara

Veja também:

Categoria: Saúde do trabalhador

Envie suas dúvidas sobre COVID-19 para nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *