Você sabia que existem alimentos e bebidas que podem interagir com alguns medicamentos e prejudicar o paciente?

Isso ocorre porque estes alimentos e bebidas podem  fazer com que os  efeitos das medicações sejam tanto  aumentados quanto diminuídos. Além disso, também há casos de medicamentos que interferem na absorção de nutrientes induzindo a deficiência nutricional.

No caso dos idosos, o dano é maior, já que apresentam a funcionalidade de diferentes órgãos reduzida devido ao envelhecimento. Desse modo, segue uma lista de alimentos/nutrientes e medicamentos que devem ter cautela em seu consumo.

Alimentos/nutrientes:

  • Frutas cítricas, em especial toranja (Grapefruit) e laranjas amargas: podem interferir no uso de mais de 40 fármacos (medicamentos), elas aumentam a biodisponibilidade (quantidade absorvida do fármaco na corrente sanguínea) em até 5 vezes, o que é prejudicial, pois, desse modo, a dose pode ultrapassar a segura e se tornar tóxica. Portanto, deve se evitar ingerir essas frutas e seus sucos em intervalos muito próximos aos dos medicamentos (2 horas aproximadamente). Não deve ser consumidas com anticonvulsivantes, psicoterápicos, soros de ferro e sódio, felodipina (controle da hipertensão), midazolam (indutor de sono) e ciclosporina (imunossupressor).
  • Bebidas alcoólicas (etanol): sua ingestão pode induzir tanto um retardamento quanto uma aceleração do metabolismo de um fármaco, isto é, a transformação de sua forma ativa para a inativa. Quando ocorre a ingestão aguda do álcool, a consequência é o retardamento do metabolismo; de forma crônica, a aceleração. Além disso, pode ocorrer um efeito aditivo com os efeitos adversos do medicamento tornando-os mais fortes, por exemplo a náusea, tontura, confusão e sonolência. Esses fatores aumentam o risco de quedas.

Essas características do uso do álcool junto aos medicamentos são preocupantes, principalmente para os idosos, visto que frequentemente tratam mais de uma enfermidade com vários fármacos e apresentam um metabolismo mais lento.

Não ingira álcool junto a: antidepressivos, antitermicos (paracetamol), analgesicos, calmantes, antipsicoticos, ácido acetilsalicilico (aspirina), anticoagulantes (varfarina) e anticonvulsivantes.

  • Alcaçuz (raiz doce): tanto seu extrato quanto chá apresentam componentes que podem interferir em diversos fármacos, entre eles os anti-hipertensivos e os antiarrítmicos. Na verdade, mesmo um consumo do alcaçuz em dose maiores de 50 mg pode gerar efeitos indesejados como o aumento da pressão arterial.
  • Alimentos ricos em tiramina: são queijos fermentados (envelhecidos), frutas secas e muito maduras, vinho tinto, cerveja, carnes envelhecidas (salami) e pães caseiros ou ricos em fermento. Tais alimentos interagem perigosamente com IMAO (inibidores de monoamino oxidase) antidepressivos utilizados em pessoas resistentes a outros tratamentos e geram uma grave crise hipertensiva.
  • Cafeína: presente no café, chá, chocolate e em alguns refrigerantes, reduz a absorção de muitos medicamentos podendo interferir no tratamento, à medida que reduz os efeitos terapêuticos. Não ingerir com esses alimentos: o diazepam (calmante), nortriptilina (antidepressivo) e pentoxifilina (vasodilatador), etc. Ademais, consumir cafeína concomitantemente a teofilina (um broncodilatador) pode aumentar o risco de toxicidade. O grão de café torrado é a fonte mais rica em cafeína, sendo que uma xícara de 150ml,  possui 103 mg de cafeína, o suficiente para causar interações significativas.

 

Design por Amanda Penetta

 

Medicamentos:

  • Antibióticos: evite sua administração com leite e seus derivados, pois ocorre a formação de complexos que impedem a absorção desses medicamentos. Além disso, as indicações dos antibióticos variam de um para o outro, em relação a sua ingestão, se deve ser associada, ou não, a refeições. Por exemplo, a ingestão de azitromicina com alimentos reduz sua absorção em 43%, enquanto a amoxicilina não apresenta alterações na absorção. Nesse contexto, recomendamos a leitura da bula e a conversa com um profissional da saúde para mais informações.
  • Antiácidos: alteram a absorção do ferro, cálcio e vitamina B12. Esses nutrientes são muito importantes para os idosos, principalmente o cálcio, essencial para a manutenção óssea e prevenção da osteoporose.
  • Varfarina (anti-trombótico): apresenta reações com diversos alimentos e medicamentos.Dietas ricas na vitamina K, presente em verduras verde escuras (brócolis, couve, espinafre, salsinha, couve de bruxelas, etc), ou mudanças repentinas na sua quantia ,pode criar complicações e interferir na terapia
  • Antiulcerosos: alguns deles ocasionam a perda de nutrientes essenciais. Entre eles há o omeprazol e a ranitidina que diminuem a absorção da vitamina B12 (encontrada em alimentos de origem animal) e o hidróxido de alumínio que reduz a absorção de ferro (Fe). Portanto, é recomendado o consumo desses medicamentos em horários diferentes das refeições

 

Design por Ana Paula de Lima

 

 

Autoria de
Giovanna Melo Chavez Zambrana, acadêmica de Medicina UFSCar

Créditos da imagem:

Veja também:

Referências:

  1. https://www.scielo.br/pdf/rbcf/v43n1/06.pdf guia 1.3
  2. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1983-14472012000300021&script=sci_arttext&tlng=pt guia 1.4
  3. https://www.drugs.com/article/medications-and-alcohol.html guia 2.7
  4. https://pdfs.semanticscholar.org/09ad/f38c5c275424be3fccf75113512d7965c163.pdf
  5. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3191675/
  6. https://www.scielo.br/pdf/rbti/v25n2/v25n2a15.pdf
  7. https://www.scielo.br/pdf/eins/v8n3/pt_1679-4508-eins-8-3-0298.pdf
  8. http://www2.ebserh.gov.br/documents/220250/1293244/GUIA+F%C3%81RMACO+X+NUTRIENTE+EM+CONSTRU%C3%87%C3%83O.pdf/ebe6b0bd-321d-4983-bb61-89c33d22f46e
  9. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1679-45082010000300298&script=sci_arttext&tlng=pt
  10. Range e Dale farmacologia Pg 692-696
  11. https://www.indice.eu/pt/medicamentos/DCI/glicirrizina-alcacuz/informacao-geral
  12. https://saude.abril.com.br/bem-estar/as-perigosas-interacoes-do-alcool-com-varios-tipos-de-remedio/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *