Quem fez?

Eu sou a Louise, mas costumam me chamar de Lou. Sou uma menina que gosta muito de arte, de esporte e de viajar. Desde pequena vivia com um lápis e uma bola na mão. Todo final de ano costumo ir pra França para passar um tempo com a minha família e visitar o país. Meus familiares de lá são muito ligados à arte, então sempre tive um contato com atividades artísticas. Também meu pai ama desenhar e fazer bricolagem, além da minha mãe ter sido uma excelente pintora. Durante a minha infância, fiz um curso de desenho na Casa da Cultura, um de pintura com uma senhora chamada Zanza e aulas de artes no Gris Ateliê, sempre em Araraquara. Eu adoro experimentar as diferentes técnicas artísticas. Ora faço um desenho, ora uma pintura com acrílico, ora uso aquarela, ora faço uma colagem e até mesmo bricolagem e reciclagem. Atualmente sou estudante no Colégio Progresso de Araraquara, que é uma escola que incentiva muito atividades artísticas e esportivas, então me identifico muito com o local. Também foi lá e no C.C.I (creche da minha infância) que fiz grande parte das minhas amizades e vivenciei experiências incríveis. Por enfim, estou administrando minha conta artística no Instagram (@lou.dessins) e praticando esporte. Espero sempre estar evoluindo e dando o meu melhor.

Quantos anos?

16 anos.

O que pensou na hora de fazer?

Lou contou que o motivo da escolha foi para expressar na obra o sentimento de aprisionamento das pessoas e dela mesma devido a pandemia do coronavirus. A obra representa a visão da Lou sobre como muitas pessoas e ela se sentem em relação a pandemia: um sentimento de aprisionamento. Assim como aves agrilhoadas, nós também não podemos voar.

O que é?

Arte com colagem.

 

         

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *