Autoria: Transgressor.

Descrição da obra: O transgressor nasce na tentativa de sobrevivência em diáspora nesse mundo aonde não me cabe, tenho buscando possibilidade para SER e criar algo que me representa e foge das narrativas hegemônicas coloniais. Na busca desse devir que vou me construindo e usando o meu olhar para criar possibilidade possíveis de subjetividade e pluralidade. Um transvestigênere que sobrevive criando e recriando olhares como devir desse corpo trans preto no mundo. Transgredir é existir de dentro.

Expressão: Fotografia.

 

 

 

 

                                                                                     

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *