Em 2019, a ABRAz (Associação Brasileira de Alzheimer) iniciou um projeto inédito, pioneiro e inovador: o Sin@pses. Esse projeto consiste na oferta de cursos de formação em doença de Alzheimer e condições similares para médicos, residentes em Medicina e demais profissionais da saúde que atuam na Atenção Primária em municípios das diversas regiões do Brasil. O projeto é apoiado pela SANDOZ – a Novartis Division.

Em sua primeira edição, o Projeto Sin@pses atingiu seus objetivos e seria reofertado, em 2020, no mesmo formato. Contudo, em razão da pandemia pela COVID-19 e seus desdobramentos ao longo do ano de 2020, com prováveis repercussões para 2021, o Sin@pses foi transformado para acontecer em formato online.

Esta edição online, com carga horária total de oito horas,conta com conteúdo exclusivo criado por renomados especialistas para os participantes inscritos. Serão disponibilizadas aulas gravadas, aulas com transmissão ao vivo e lives sobre os seguintes conteúdos: avaliação diagnóstica das síndromes demenciais, curso e progressão da doença de Alzheimer, tratamento farmacológico e não farmacológico da doença de Alzheimer, dispensação de medicamentos de alto custo e síndromes demenciais no contexto da COVID-19.

A proposta se baseou no fato de que pode ser de até 2 anos o tempo entre o encaminhamento para investigação mais aprofundada a especialistas como o neurologista, por exemplo, feito por médicos da rede pública que atendem pacientes com queixas típicas da doença de Alzheimer.

Entendendo que o diagnóstico precoce é crucial para início do tratamento medicamentoso e não medicamentoso, visando a manutenção da capacidade funcional do idoso por maior tempo possível, sua qualidade de vida e a de seu cuidador/familiar, a ABRAz lançou a proposta desse curso.

A ABRAz acredita ser essencial que o médico que avalia o paciente na rede de atenção primária tenha condições de proceder à investigação de sua queixa inicial, à avaliação e ao tratamento recomendado, encaminhando aos especialistas apenas os casos de maior complexidade. Os demais profissionais da saúde atuam em diferentes momentos de acordo com as fases da doença, portanto sua participação no projeto torna-se fundamental.

As inscrições foram abertas em 11 de setembro de 2020, por meio do link disponibilizado nas redes sociais e no site da ABRAz e vão até 14 de outubro. Não perca!

A participação é gratuita, observando-se o Regulamento disponibilizado na plataforma do Sin@pses.

Participe! Faça sua inscrição pelo link portal.abraz.org.br e compartilhe com colegas e pessoas interessadas no assunto.

Ana Claudia Trombella Barros

Terapeuta Ocupacional, Coordenadora da Associação Brasileira de Alzheimer, sub-regional São Carlos/SP

Veja também: 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *