Autoria: Jaqueline de Azevedo Chermont e João Luis Gonçalves da Silva.

Descrição da obra: Performance de uma cigana sobre seus sentimentos internos em tempos de quarentena; a resiliência necessária à situação, a alegria de estar viva e a esperança de ter uma vida inteira para viver.

Expressão: Dança.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *