Autoria: Anna Apolinário

Descrição da obra: O poema expressa a luta pela emancipação da figura feminina, explorando nuances sobre gênero, feminismo, militância política sob o viés de uma perspectiva crítica e questionadora.

Expressão: Literatura

 

Desabotoando Pagu 

 

Olhos agudos de mãe

Militante, martírio

Mulher

Loba ígnea

Batizada em lua sanguínea

Sua poesia iça as saias das santas em procissão

Rebela-se contra os homens do Capital

Ela é o escândalo contínuo de sílabas

Justaposição de vogais atrevidas

Signo antropofágico de uma luta

Sibila lançando uivos de libertação 

Uma Guerreira

Coberta de cicatrizes

Intoxicada de vida

Desabotoem o mito

Devorem os sentidos

Ela precisa respirar

Poesia

Arte

Genocídio

Universal

Palavra perfumada

Entre os peitos de uma pátria

De porcos e pulhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *