Autoria: Davi Marin.

Descrição da obra: A leveza dos insetos se espelha na leveza humana, mas não apenas leveza – o inseto incomoda, assim como os movimentos de refugiados e outros grupos que, de tão leves pelos espaços ao se locomoverem, criam pesos para seus governos que não resolvem as questões, sempre tão contrastantes, como a tristeza e a felicidade em uma mesma imagem, ou como um inseto que inspira um super circuito eletrônico. O discurso é para todos, mas nada está compartilhado. Nem mesmo a rede em si.

Expressão: Artes visuais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *