História da Lagoa do Sino

No ano de 2011 a UFSCar decidiu expandir suas unidades para além de São Carlos, Sorocaba e Araras. A fazenda de 623 hectares que produz diferentes culturas foi doada pelo escritor Raduan Nassar em 2011 e está localizada a 35 km do centro de Buri e apenas 6 km da cidade de Campina do Monte Alegre, onde a maioria dos estudantes mora. O início de suas atividades se deu em 2014 com o recebimento das primeiras turmas de graduação dos cursos de Engenharia Agronômica, Engenharia de Alimentos e Engenharia Ambiental. 

 

Importância do campus para a região

O campus fica localizado no município de Buri, porém a maioria dos alunos opta por moradias na cidade de Campina do Monte Alegre, resultante de sua proximidade.  Essa região é caracterizada pela presença de Cerrado e área de transição entre biomas, e também pela alta produção agrícola, desde grande escala até pequenos produtores, também conhecidos como “agricultores familiares”. 

Levando em conta as características da região, o campus encontra-se fundamentado em três eixos de desenvolvimento territorial sustentável: Soberania e Segurança Alimentar, Agricultura Familiar e Proteção da Biodiversidade. Desse modo, salienta o engajamento com a área e com a formação de seus discentes e servidores, que trilham um caminho mais consciente durante a formação.

A chegada do campus trouxe a oportunidade de realização de projetos voltados para o desenvolvimento da região por ter um baixo IDH e muito a ser explorado. Como exemplo temos o projeto de extensão “Comercialização com Segurança Alimentar – Comsal”, que através da comercialização de seus produtos contribui para as necessidades da região e promove a consolidação da agricultura familiar. Dentre as atividades realizadas pelo projeto, há a tradicional “Feira da Lagoa” que acontece no campus e é formada por discentes, docentes, técnico-administrativos e famílias produtoras da região. São vendidos diversos produtos como mel, legumes, verduras, cogumelos, doces, entre outros.

Outro projeto de extensão muito importante é o “Cursinho Popular Carolina Maria de Jesus”, que oferece educação gratuita com o objetivo de auxiliar os educandos interessados em ingressar nas universidades, concursos, ENCEJA ou apoio em reforço escolar. Através do serviço prestado pelos voluntários muitos deles discentes da Lagoa do Sino os alunos têm acesso à matérias de ensino médio como Biologia, Física, Geografia, História, Linguagens, Matemática e Química.

 

Cursos de graduação oferecidos

A Lagoa do Sino oferece cinco opções de cursos de graduação, nos quais são exigidos no mínimo 5 anos para conclusão das Engenharias Agronômicas, de Alimentos e Ambiental, e 4 anos para os cursos de Bacharelado em Administração e Ciências Biológicas. Todos os cursos são anuais, presenciais (excepcionalmente durante a pandemia da COVID-19 em que as aulas ocorrerão de forma remota) e com turnos matutino/vespertino.

 

Diferencial do sistema de ensino proposto

Uma particularidade do campus é seu sistema de ensino, que não se define por disciplinas, mas por eixos e meso conteúdos que unem áreas complexas do saber, conciliando-as a fim de desenvolver habilidades por meio de uma maior compreensão. Para os calouros pode ser difícil entender como esse sistema funciona na prática e por esse motivo explicaremos a segur:

  • Eixos temáticos: conteúdos amplos com subdivisões que correlacionam-se;
  • Meso conteúdos: subdivisões dos eixos de natureza parecida;

O curso de Ciências Biológicas, por exemplo, tem o eixo temático de Ciências Exatas e da Terra (CET), no qual se encontram alguns meso conteúdos como: Química, Física, Delineamento experimental e Análise de dados, etc.

Outro exemplo é o eixo de Recursos Naturais (RN) do curso de Engenharia Agronômica, que tem como exemplos os meso conteúdos de Zoologia, Microbiologia, Propriedades do Solo, Fitopatologia e Manejo de doenças.

Podemos citar também a Avaliação Integradora, que tem por finalidade integrar os conteúdos de eixos temáticos de cada perfil e costuma ocorrer em dois momentos do ano letivo, variando de acordo com as exigências de cada curso. Essa forma de avaliação é muito importante para todos os cursos, pois ela compõe 30% da nota final do aluno.

Além disso, o campus Lagoa do Sino conta com laboratórios muito bem estruturados voltados para a realização de atividades e experimentos dos cursos de Ciências Biológicas e as Engenharias.

 

SAF – Sistema Agroflorestal da Lagoa do Sino

O campus conta com um sistema agroflorestal, fruto do projeto “Pesquisa, Capacitação e Desenvolvimento tecnológico em Agroecologia” coordenado pelo professor Henrique Carmona. No SAF ocorrem diversos projetos de pesquisa, ensino e extensão sobre sistemas agrícolas, estudos de solo e sustentabilidade, realizados por discentes e docentes. O foco desse sistema é ter uma diversidade de produção sem a utilização de insumos externos, como defensivos agrícolas, por exemplo. Durante a pandemia da COVID-19, diversos alimentos dessa produção foram doados para a comunidade interna e externa, dentre eles: banana, batata-doce e mandioca. No total foram doados 387kg de alimentos advindos do SAF para instituições assistenciais de Angatuba e Campina do Monte Alegre.

Assistência Estudantil

Programa que tem como objetivo contribuir para uma maior igualdade entre os estudantes, apoiando a permanência daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A seleção de bolsistas é através do Departamento de Assuntos Comunitários e Estudantis – DeACE Lagoa do Sino que está vinculada à  Pró Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis. As bolsas e auxílios são recursos que advém do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) para ajudar o discente com despesas de alimentação, moradia, saúde, transporte, entre outros. O campus oferece as seguintes bolsas: alimentação, moradia, transporte e bolsa atividade.

Além das bolsas, o campus oferece o Apoio Pedagógico para os alunos matriculados, realizado pelo Departamento de Ensino de Graduação (DeEG), além de organizar tutorias através de encontros feito por alunos veteranos que dão assistência aos alunos ingressantes ou com dificuldades em determinados meso conteúdos. Há também a Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade (SAADE), órgão de apoio administrativo vinculado à reitoria da universidade, que busca atuar na garantia de permanência estudantil por meio de combates aos preconceitos de gênero, étnico-raciais, sexualidade e capacitismo. A SAADE atua em amplo contato com os coletivos estudantis da Lagoa do Sino como o coletivo feminista, por exemplo.

 

Endereço e contatos:

Rodovia Lauri Simões de Barros, km 12 – SP-189 Bairro Aracaçú – Buri, SP

Telefone: (15) 3256-9000

Email: lagoadosino@ufscar.br

Bolsas e auxílios:  https://www.proace.ufscar.br/ 

DeEG/LS: (15)3256-9044 ou (15) 3256-9045

SAADE: saade@ufscar.br ou 3351-9771 – Sandro

Serviço Social: (15) 3256-9037 – Sonia

Psicologia (15) 3256-9033 – Simone

Manual do Calouro: https://www.lagoadosino.ufscar.br/cursos/arquivos/manual_calouro_2018.pdf

Área verde em frente ao casarão
Área verde em frente ao casarão
Entrada do campus de Lagoa do Sino
Entrada do campus.
Casarão
Casarão.
Área próxima ao Restaurante Universitário do campus de Lagoa do Sino
Área próxima ao Restaurante Universitário.
Restaurante Universitário do campus de Lagoa do Sino
Restaurante Universitário.
Bloco das secretarias de cursos, docentes e técnicos
Bloco das secretarias de cursos, docentes e técnicos.
Laboratório de Informatica
Laboratório de Informática.

 

Gostou do conteúdo? Entre nos grupos do Projeto PermaneSer, projeto PIAPE de estímulo à permanência estudantil na UFSCar!

Para acessar o grupo do Facebookclique aqui.

Para o grupo do WhatsApp clique aqui.

Créditos das Imagens: Mariana Canutti M. Vicente.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *