O balseiro tem que aglomerar

 

 

Não dá para ficar apenas em uma margem

 

 

Autoria: Nicholas Mesquita

Descrição da obra: Qual o trabalho do balseiro se não aglomerar? Como se isolar e ficar apenas em uma margem do rio, se não há como se alimentar? Em seu corpo esguio, a barba mal feita, as roupas rotas, qual alguém em situação de rua, em alguma metrópole, o retrato do descaso no auge da pandemia com aqueles que foram os mais afetados, de longe. Sem condições, sem trabalho. Máscaras, álcool em gel? Esquece, é melhor pensar na panela no fogo, ajustar a velha balsa e sobreviver.

Expressão: Fotografia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *