Autoria: Thaíse Santana

Descrição da obra: O poema retrata o fazer poético, num contexto de isolamento social, por conta da pandemia do coronavírus. É tempo de dor, de morte, de solidão e é tempo também de poesia. Eu tenho resistido à essa estranheza através da literatura.

Expressão: Literatura

MULHER-PALAVRA

Me recolho.
Me reconheço.
Entre um verso e outro,
um silêncio profundo.

A palavra pulsa, escrevo.
E, na contramão do mundo,
me alimento de versos e sonhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *