Você jovem e adulto já refletiu sobre o quanto suas ações tem contribuído para a inserção social das pessoas idosas no mundo digital? Sabe que essas ações podem ajudar as pessoas idosas a minimizarem os impactos na saúde mental durante a pandemia de COVID-19?

A cantora Teresa Cristina (ou Tetê para os fãs íntimos) tem  realizados lives desde o início da pandemia da COVID-19  em seu perfil na rede social Instagram @teresacristinaoficial. Todas as noites ela nos presenteia com a voz doce e forte e reaviva memórias afagando corações.

Mas não satisfeita em abraçar os corações à noite, Teresa tem realizado um projeto lindo com sua mãe, Dona Hilda, nas tardes de Domingo, geralmente às 15h, em que as duas nos encantam recordando clássicos da música brasileira, reavivando memórias afetivas em todos que as acompanham pelo canal da cantora no YouTube – “Teresa Cristina”.

As duas são excelentes exemplos de como as trocas entre gerações são necessárias e se tornam excelentes maneiras de enfrentamento da pandemia pela COVID-19. Essa troca entre duas ou mais gerações de pessoas com diferentes idades é  chamada de intergeracionalidade e os trabalhos sobre como estimular para que as trocas intergeracionais ocorram têm evidenciado o quanto elas são benéficas para toda a sociedade e não apenas para pessoas idosas.

Se a era da tecnologia com a internet e o uso de computadores pode se constituir como uma das formas de exclusão social de pessoas idosas, Teresa nos dá o exemplo de que o contrário também é verdadeiro,pois a cantora não apenas incluiu a mãe na realização das transmissões ao vivo, mas permitiu a ela participar de modo ativo e significativo da vida social e cotidiana de milhares de pessoas que as acompanham semanalmente.

Além de benefícios sociais e emocionais que envolvem a realização de assistir as “Jovens Lives de Domingo”, capacidades cognitivas como memória e linguagem também são estimuladas e esta pode ser uma atividade prazerosa a ser incluída nas vivências de famílias com pessoas idosas, até mesmo aquelas com demência serão beneficiadas.

Nós queremos convidá-los a fazer este exercício reflexivo e propositivo de buscar estar mais disponível para auxiliar esta aproximação dos mais velhos com as novas tecnologias como o uso de Smartphones e as redes sociais como Instragram e Youtube. E também deixamos o convite para assistir no Projeto “Jovens Lives de Domingo”  estas duas lindezas, Teresa e Hilda, mulheres, negras, brasileiras, fortes e exemplos de resiliência nesta pandemia, por meio do canal da Cantora no Youtube, que pode ser acessado no vídeo abaixo.

 

 

Crédito da imagem: Teresa Cristina e Dona Hilda

Veja também:

Categoria: Idosos e COVID-19

Envia sua dúvida sobre COVID-19 para nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *