Autoria: Zare Ferragi

Vínculo acadêmico: Docente – Turismo – Campus Sorocaba

Descrição da obra: Quando escrevi esse poema, a princípio não soube porque veio em espanhol. Agora entendo. Eu vivi em Lima, no Perú, entre meus 15 e 18 anos de idade, uma fase que tem a ver com o desabrochar da sexualidade, tem a ver com corpos que a gente assume… que a gente veste. O poema questiona o que é rasgar os corpos simbólicos que vestimos… e encontrar outras perspectivas sobre a vontade do corpo.

Temática(s): Questões LGBTQIA+, Deficiência, saúde mental, diversidade funcional

Expressão: Performance

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *